rc18

Apesar de 5 de Julho ser considerada a data aniversaria do Centro, 1 de Maio reveste-se de particular significado por ter sido nesse dia, em 1997, que o Centro de Dia abriu as suas portas ao público e acolheu utentes pela primeira vez.

O dia foi de Festa e muitas foram as manifestações de alegria dentro e fora de uma casa há tanto desejada e que ao fim de vários anos de esforços e persistente trabalho se apresentava finalmente pronta para servir a população de Alcanhões.

22 anos passaram e muitos dos nossos mais idosos usufruíram do Centro que acrescentou ao inicial serviço de Centro de Dia o serviço de Apoio Domiciliário. Ao longo desses anos muito de bom se deu a muita gente, com altos e baixos será certo, mas com a convicção de que sempre se fez o melhor para que todos tivessem o que precisavam e mereciam.

22 anos depois o Centro não vive o melhor dos momentos. É difícil o presente, afigura-se apreensivo o futuro. O tempo dos muitos utentes, das listas de espera, dos recursos escassos, mas suficientes, parece que passou e tarda em regressar. O Centro luta com grandes e sérias dificuldades para ultrapassar a situação complicada a que chegou. É grande o esforço para servir em condições mínimas. Vão valendo a dedicação e empenho de alguns, profissionais e voluntários, que se desdobram para conseguirem que o Centro cumpra a sua missão. Dedicação e empenho que merecem o respeito e consideração de todos, pois nunca dinheiro algum, por muito que houvesse e não há, pagará o que fazem.

22 anos depois, neste primeiro de Maio em que recordamos a abertura do Centro de Dia, temos de renovar a esperança. Afirmar a vontade de fazer mais e melhor. Valorizar o que o Centro representa, a utilidade que tem, a ajuda que pode ser para os que já hoje precisam e para os que no futuro venham a precisar.

Ajudemos, sendo utentes do Centro, dando ao Centro o que pudermos dar. Lembremo-nos que oferecer trabalho voluntário pode ser uma grande ajuda (olhemos para o exemplo atual do Sr. Fernando que conduz as carrinhas e das Sras. Carlota, Celeste, Palmira, Ana, que tratam a roupa na lavandaria). Tantas tarefas que podiam ser feitas por voluntários!

Lutemos para ultrapassar as dificuldades. Demos mais uma vez oportunidade à alegria, ao querer, ao conseguir.

E VAMOS CONSEGUIR!!!

Contactos

Morada: Rua António Paulino da Silva e Melo Lobo da Silveira
Código Postal 2000-401 Alcanhões
Telefone: 243 428 282
Email: centrodiaalcanhoes@gmail.com

Notícias

MENSAGEM

 

5 de JULHO Aniversário da Inauguração Oficial do edifício do Centro de Dia.
Neste dia, em 1997, o Secretário de Estado da Segurança Social passou por Alcanhões para oficializar a abertura do nosso Centro de Dia que já funcionava desde 1 de Maio com 22 utentes, 1 directora técnica, 1 cozinheira e 4 ajudantes, 1 carrinha de nove lugares para transportes.
O sonho tinha começado anos antes, em 1988, e durante aqueles nove anos foram muitos os esforços, as lutas, o trabalho que só foram possíveis graças à vontade e determinação de gente empenhada e determinada que conseguiu construir uma obra de todos e para todos.
VINTE E DOIS anos depois a obra continua. Em duas décadas já houve tempos muito bons e outros menos bons. Já houve casa cheia e listas de espera e já houve meia - casa. Já houve outros sonhos que se perderam ou adiaram. Mas o Centro continua. Não vive o melhor dos momentos, é certo, mas continua. E a vontade também. Provavelmente com menos entusiastas, mas com alguns ainda apostados em continuar a obra, em persistir, em voltar a dar brilho ao sonho. A acreditarem que muitos outros têm a mesma vontade e virão dar a sua ajuda ao Centro. Ao nosso Centro. Podem não vir todos ao mesmo tempo, mas cada vez que venha um, já somos mais. O Centro precisa de mais, de muitos, até sermos outra vez todos. Ajudar pode ter expressão de muitas e variadas maneiras: ser voluntário, oferecer géneros, dar dinheiro, etc, etc, etc... Ajudar, também, é pensar que o Centro não é só para quando "já não nos podemos mexer", é para frequentar enquanto podemos usufruir de um envelhecimento activo, apoiado e dinamizado.
Este ano não há festa de aniversário. Não houve condições para a pensar e para a organizar. Não é por isso que o Centro deixa de completar 22 anos e começa a caminhar para os 23. Qualquer dia há-de haver FESTA. Que seja por estarmos em condições de festejar a alegria de termos o nosso Centro de Dia a funcionar, cheio de gente, equilibrado e sustentável, digno e respeitado.
Trabalhamos para isso. Façamos todos por isso.
Jaime Cunha - Presidente da Direcção - 5/7/2019

Direcção - Contactos
Ler mais...

Actividades & Eventos

0,50 % do IRS - Agradecimento

 

O simples gesto de quem escolheu o Centro para beneficiário da consignação de 0,50% do IRS é um enorme gesto de solidariedade e ajuda que muito nos apraz registar.

É com grande alegria e reconhecimento que agradecemos a todos os que deram ao Centro parte do seu IRS. Até Junho registámos a entrada nas nossa contas  da importância de 439,06€ proveniente de "Consignação IRS" e "Benefício de 15% IVA Suportado".

Isto é resultado da vossa generosidade. 

Prometemos que tudo faremos para o dar por bem empregue.

Obrigado!

Admissão de Utentes

 

O Centro Social Paroquial de Santa Marta desenvolve a sua actividade de apoio à população idosa através das Respostas Sociais (Valências) CENTRO DE DIA e SERVIÇO DE APOIO DOMICILIÁRIO.

Para ambas as valências mantém acordos com a Segurança Social que limitam a admissão de utentes "com acordo" a 30 pessoas em Centro de Dia e 21 pessoas em Apoio Domiciliário.

Neste momento, encontram-se preenchidas 27 vagas em Centro de Dia e 10 em Apoio Domiciliário. Nestes termos, EXISTEM VAGAS para admissão de utentes "com acordo" em ambas as respostas sociais, não se excluíndo, no caso de a procura o justificar, a possibilidade de admissão de utentes "extra-acordo". 

Ressalve-se, no entanto, que a admissão para a valência Centro de Dia terá sempre em atenção a adaptabilidade do serviço "CENTRO DE DIA" ao candidato a utente e a adaptabilidade deste ao serviço que o "CENTRO DE DIA" pode prestar de acordo com as suas capacidades e das imposições legais que definem o seu funcionamento.

Em alternativa, para os candidatos a utentes que não encontrem em Centro de Dia resposta para as suas necessidades e grau de dependência, o Centro oferece o Serviço de APOIO DOMICILIÁRIO que possibilita o atendimento e acompanhamento na residência em condições adequadas a cada caso.

Cada serviço é para o que foi criado e só pode corresponder ao que dele se espera se for utilizado de acordo com a sua finalidade e estrutura.

CONTINUAMOS DE PORTA ABERTA PARA TODOS.

08/12/2019 - A DIRECÇÃO

© 2018 Centro Social Paroquial - Santa Marta de Alcanhões. Todos os Direitos Reservados. Login

Desenvolvido por Qualidadeweb